Espectro de radiação de emissores de infravermelho

O comprimento da onda de um emissor de infravermelho tem grande influência na eficiência de um processo de aquecimento. Quanto mais adequado for o comprimento de onda em relação ao espectro de absorção do material a ser aquecido, mais eficiente é o processo.

Faixas de comprimento de ondas de diversos tipos de emissores de infravermelho

Como exemplo, podemos citar que a água absorve energia melhor em aproximadamente 3000 nm. Portanto, os emissores de infravermelho de ondas média e carbono (CIR) são ideais para o aquecimento de água e de revestimentos à base de água. As principais emissões desses emissores se encaixa exatamente na área da principal absorção da água.

Um outro parâmetro importante das emissões é a potência, medida em W/cm (comprimento da emissão) ou W/cm² (área aquecida). Devido às altas temperaturas de seu filamento, a potência das lâmpadas de ondas curtas ou de emissores halógenos é geralmente mais elevada do que a dos emissores de infravermelho de ondas curtas. Na escolha de um emissor de infravermelho para um processo industrial, o comprimento das ondas e a potência estão entre os parâmetros mais importantes a serem levados em consideração.

to top